Um dos locais mais fascinantes de Banguecoque é o Grande Palácio Real (doravante Palácio apenas). Localiza-se na margem do rio Chao Phraya,onde viviam algumas pessoas que foram deslocadas para uma área que é hoje a Chinatown.

O Palácio foi durante 150 anos, a morada da família real tailandesa e a sede administrativa do governo. A partir de 1925 a família Real mudou-se para o Palácio Chitralada mas alguns departamentos do governo ainda hoje continuam presentes.

A sua construção teve início em 1782, no mesmo ano em que Banguecoque se tornou capital da Tailândia. Antes tinha sido Thonburi e Ayutthaya. Para perceber um pouco melhor recomendo a leitura dos 2 últimos artigos que publiquei.

O que é chamado de Grande Palácio Real na realidade não é apenas um edífício, mas um complexo de vários, que no total ocupam uma área de quase 22 hectares. Ao longo dos anos, os vários monarcas que Reinaram foram adicionando as várias estruturas que vemos hoje em dia.

O Palácio encontra-se divido em 4 áreas, que se encontram separadas por paredes e portas. De seguida vou falar um pouco melhor de cada uma delas.

O Tribunal exterior

É a primeira área logo após a entrada no complexo do Grande Palácio. Era aqui que se encontravam os escribas, juristas e outros oficiais do Rei. A população era masculina por isso tinha de ficar numa zona exterior, longe da área das mulheres.

Atualmente é nesta zona que se pode alugar roupa, no caso de um visitante não ser considerado adequademente vestido. Todos têm de ter braços e pernas tapados.

Desta zona é de destacar a Sala Lukkhunnai, uma estrutura elegante, a Sala Sahathai Samakhom, que já albergou um clube militar e o pequeno Museu. Destaca-se ainda o portão bastante elaborado, que foi utilizado pelo Rei para entrar e sair do Palácio em ocasiões especiais.

 Templo do Buda de Esmeralda

O Templo do Buda de Esmeralda; em tailandês Wat Phra Gaeo, é o único local do Grande Palácio que se encontra aberto ao público. É um dos locais mais importantes do país, dada a estátua que lá se encontra. Ela foi esculpida a partir de uma peça de jadite verde e é considerada sagrada pela religião budista.

Além da Capela onde se encontra o Buda de Esmeralda, existem outras estruturas, das quais saliento as seguintes:

  • Phra Si rattana Chedi – faz lembrar os pagodes que existiam na cidade de Ayuttaya. No seu interior existe um pedaço do esterno de Buda;
  • Phra Mondop – construído no local onde existia uma biblioteca que foi destruída por um incêndio;
  • Royal Pantheon – inicialmente construído para abrigar o Buda de Esmeralda, acabou por ser dedicado a uma dinastia de . No seu interior encontram-se as estátuas dos que pertenceram a essa dinastia;
  • Ho Phra Nak – local onde se encontram as cinzas dos elementos mais novos da família real.

A entrada desta zona encontra-se guardada por um par de enormes demónios, chamados de yakshas.

 O Tribunal central

Era aqui que a família real vivia e onde se encontravam os edifícios onde o Rei fazia as suas audiências, reuniões e cerimónias.

Nesta área são de destacar os seguintes edifícios:

  • Phra Thinang Boromphiman – a mansão foi construída por um arquiteto estrangeiro, pelo que o estilo é ocidental. Foi o 1º edifício real no pais a ter um pórtico saliente que permitia que as carruagens fossem puxadas para o interior;
  • Phra Maha Monthien – são os edifícios mais antigos do Palácio e foram construídos para funcionar como residência principal, sala de audiência, local de relaxamento do Rei, entre outras funções;
  • Chakri Maha Prasat – é conhecido como o “Ocidental com chapéu tailandês”, uma vez que o edifício foi construído com influência ocidental e sofreu uma alteração, na qual o teto existente foi substituído por um teto de estilo tailandês;
  • Dusit Maha Prasat – salão cruciforme que foi utiizado como residência e sala de audiências do Rei. É considerado um dos mais elegantes salões do trono;
  • Pavilhão Aphornphimok– pequeno pavilhão utilizado quando o Rei e os seus convidados utilizavam o palanquin, para sair ou entrar no Palácio. Ainda hoje é possível ver uma plataforma à altura do ombro no seu exterior;
  • Museu do Templo do Buda de Esmeralda – o objetivo inicial da sua construção foi o de albergar a Casa da Moeda Real.

 O Tribunal interior

Esta área era reservada ao Rei, à sua Rainha, às suas filhas e concubinas. Funcionava como uma pequena cidade de mulheres e de jovens rapazes.

Não é visitável.

O Grande Palácio Real tem imensos edifícios para visitar. São fascinantes e têm uma arquitetura formidável. Na minha opinião, é obrigatório reservar pelo menos uma manhã ou tarde de uma estadia em Banguecoque para fazer uma visita demorada a este complexo.

Pin It on Pinterest

Share This