A Região Autónoma dos Açores é um arquipélago com 9 ilhas, de origem vulcânica, localizado no Atlântico Norte. Juntamente com os arquipélagos da Madeira e Ilhas Selvagens, Canárias e Cabo Verde formam a região da Macaronésia, que significa “ilhas afortunadas”.

As ilhas dividem-se em 3 grupos:

  • Oriental: Santa Maria e São Miguel (esta é a maior ilha);
  • Central: Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial;
  • Ocidental: Corvo e Flores.

Existe algum mistério relativamente à origem do nome, havendo algumas teorias.

A hipótese mais divulgada é que a palavra Açores, poderá estar relacionada com o nome da ave de rapina que os descobridores pensaram ter visto.

Um açor.

Na realidade deverão ter avistado uma águia-de-asa-redonda, mais vulgarmente conhecida como milhafre ou queimado.

Também poderá estar relacionado com a devoção de Frei Gonçalo Velho Cabral a Nossa Senhora dos Açores (padroeira da freguesia com o mesmo nome, que foi agregada à freguesia de Velosa, em Celorico da Beira). O navegador português foi o redescobridor dos Açores (Diogo de Silves já tinha avistado parte do arquipélago em 1427) e terá atribuído o nome de Santa Maria à primeira ilha descoberta e Açores ao conjunto das ilhas. Flores e Corvo foram descobertas mais tarde, em 1452.

Atualmente na bandeira do arquipélago encontra-se um açor.

Tem ganho vários prémios, vale mesmo a pena ir comprovar se é o local mais belo do mundo como refere a revista National Geographic.

Pin It on Pinterest

Share This