Sintra é uma vila localizada nos arredores de Lisboa, entre ravinas arborizadas e nascentes frescas.

Tem um clima peculiar devido à proximidade da Serra de Sintra, existindo muitas vezes um nevoeiro que lhe dá uma aura de mistério. Antigamente, a serra era chamada de Monte da Lua, nome que foi dado pelos romanos.

Num passeio pela romântica Sintra recomendo os monumentos, parques e jardins que indico de seguida, que foram construídos em épocas muito diferentes. Visitar Sintra é percorrer 7000 anos de história….

 O Castelo dos Mouros é o testemunho da presença islâmica na região. A dupla cintura de muralhas serpenteiam no cume da serra, sendo um excelente ponto para ver toda a vila e até mesmo o Cabo da Roca.

No coração da vila encontra-se o Palácio Nacional de Sintra, ou da vila.

É o monumento mais conhecido.

Nele é possível verificar a influência árabe, a reconquista cristã e a época dos Descobrimentos. As 2 chaminés cónicas com 33 metros de altura cada, são o ex-líbris. Era aqui que a corte passava o Verão.

O Convento dos Capuchos é a última vontade de um nobre, que promoveu a construção de um convento franciscano com contacto direto com a natureza e com um extremo despojamento arquitetónico e decorativo. É a materialização dos ideais da Ordem de S. Francisco de Assis. A mata que envolve o convento, que foi mantida durante séculos pelos religiosos, é um exemplo da floresta primitiva da zona.

A Quinta da Regaleira é um lugar apaixonante e misterioso, com uma aura mística. É o sonho do milionário António Augusto Carvalho Monteiro. No Palácio e nos 4 hectares de jardim existem várias referências históricas, religiosas, símbolos de oculto e mistérios. É absolutamente imperdível o poço iniciático, uma escadaria em espiral, com imenso significado. Irei falar deste monumento num artigo em exclusivo.

O Palácio e Parque de Monserrate é o sonho de um milionário britânico. É um requintado Palácio e um dos principais exemplos da arquitetura do período romântico em Portugal. No Parque encontra-se um dos mais ricos jardins botânicos portugueses.

O Palácio Nacional e Parque da Pena localizam-se num dos mais altos picos da serra de Sintra, no local onde já esteve a Capela de Nossa Senhora da Pena. Foi mandado construir pelo Rei D. Fernando a um arquiteto alemão e era o seu maior desejo. O Palácio é uma eclética mistura de estilos mouriscos, góticos, manuelinos e dos conhecidos Palácios da Baviera. O Parque tem espécies florestais da Europa, América do Norte, Ásia e Nova Zelândia, além de mirantes e fontes.

Sintra foi o primeiro sítio Europeu inscrito pela UNESCO como Paisagem Cultural.

Foi reconhecido que na vila se encontram muito bem preservadas as evidências das várias culturas que a ocuparam.

Sintra  é mágica. Não perca um passeio por lá J Apesar de ter muitos altos e baixos recomendo que a explore a pé, com tempo. Se quiser companhia fale com a http://www.fortravelers.pt/

Muito perto de Sintra fica a Ericeira, uma vila simpática, muito bonita e super conhecida (também) pelo surf. Para saber mais veja aqui neste outro blog de viagens, que recomendo: http://surfergirlonthemove.com/ericeira-meu-amor-guia-de-uma-local/

Pin It on Pinterest

Share This